Últimos assuntos
» Existe livre-arbítrio?
Ter Maio 27, 2014 9:28 am por Renato

» Forum Canal de HIstoria
Dom Fev 26, 2012 4:19 pm por Valisum

» Mudança nas atitudes dos encarregados de educação
Dom Nov 13, 2011 9:10 am por Renato

» Que é Deus? Ele existe? Como?
Sab Nov 12, 2011 7:33 am por Renato

» Darwin e a teoria da evolução
Seg Ago 15, 2011 8:06 pm por Varela

» Fórum Máscaras de Deus - Filosofia Oriental e Espiritualismo Prático
Seg Maio 23, 2011 3:59 am por Renato

» Alpha Centauri - Filosofia Oriental e Espiritualismo
Qui Abr 21, 2011 7:25 am por Renato

» Videos imperdiveis...
Sex Mar 11, 2011 1:06 pm por Renato

» Cartoons Engraçados
Dom Jan 30, 2011 9:18 pm por Renato

Partido Pelos Animais

Problemas contemporâneos

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Problemas contemporâneos

Mensagem  eroife em Sab Jun 27, 2009 2:09 am

O mundo atual padece de vários males que, de forma geral podem ser resumidos em dois grupos: agressões contra a natureza e agressões contra o homem.
No primeiro temos: desmatamento, poluição das águas e do ar, buraco na camada de ozonio, aquecimento global, etc.
No segundo temos: aumento no numero de assaltos, sequestros, pobreza, desemprego, vilolencia gratuita, etc.
Com frequência vejo entrevistas, discussões e palestras de "pensadores, cientistas, ambientalistas, lideres religiosos e políticos, pessoas comuns etc." sobre esses assuntos, porém as pessoas parecem perdidas, sem um rumo definido.
Dia desses, calculadora na mão fiz o seguinte cálculo que sugiro repetirem:
1- peguei o diâmetro terrestre, de 40000 quilômetros, aproximados.
2- dividi por 2PI para achar o raio terrestre.
3- apliquei a formula da superfície esférica e achei a superfície terrestre total = 509 bilhões de Km², aproximados.
4- descontei 3/4 de mares, mais aproximadamente 50% relativos a terras inóspitas: regiões desérticas, regiões geladas , regiões montanhosas. Sobraram aproximadamente 70 bilhões de Km²
5- dividi esse valor pela população terrestre atual, de 7 bilhoes de pessoas e conclui que hoje temos 10 Km² por pessoa.
Considerando que:
1- cada ser humano precisa de espaços para moradia, escola, trabalho, produção agropecuária de alimentos, estradas, avenidas, metrôs e ferrovias para locomoção.
2- considerando que, devido ao progresso da ciência, o ser humano vem vivendo cada vez mais, o que acelera o crescimento populacional. Segundo estimativas, dentro de uns 30 anos chegaremos a 10 bilhões de pessoas.
3 - finalmente considerando que aquele tamanho da superfície terrestre é fixo, não vai aumentar.
A tendência daqueles problemas citados vai piorar. Embora não seja pessimista, acredito que soluções possam e devem ser encontradas, o problema está colocado.
Com a palavra, os colegas pensadores.

eroife
Participante
Participante

Mensagens : 7
Data de inscrição : 27/06/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas contemporâneos

Mensagem  Carlos Filipe em Sab Jun 27, 2009 2:20 am

A partir do momento, que o Homem não se respeita a ele prórprio, nunca irá conseguir respeitar os outros Homens e a respectiva Natureza.

Tudo isso faz parte do progresso, o que mais custa, e saber que ha alternativas para os efeitos nefastos do progresso, e não são viaveis, porque com isso, pode existir outro crash na Dow Jones.

O Homem tende a mais material, menos espiritual. Poucos são aqueles que cantam a canção dos atomos, e desses, apenas restam memorias, e alguns sobreviventes.

Carlos Filipe
Participante
Participante

Mensagens : 39
Data de inscrição : 27/06/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas contemporâneos

Mensagem  eroife em Sab Jun 27, 2009 2:35 am

Hummm! Não sei qual é sua ideologia, mas essa me parece uma visão ideológica. Essa história de que o homem é o culpado de tudo, é o vilão, que tudo é culpa dele, já sei onde vai levar: a defesa da visão socialista e a destruição do modo de produção capitalista. Isso não resolve o problema, uma vez que o homem é antes de tudo, individualista. Ele só se preocupa com o coletivo enquanto esse coletivo afeta seu espaço individual. A partir do momento em que o problema coletivo se resolve, a luta se transfere ao espaço individual. Precisamos de uma solução melhor.

eroife
Participante
Participante

Mensagens : 7
Data de inscrição : 27/06/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas contemporâneos

Mensagem  Carlos Filipe em Sab Jun 27, 2009 2:45 am

eroife escreveu:Hummm! Não sei qual é sua ideologia, mas essa me parece uma visão ideológica. Essa história de que o homem é o culpado de tudo, é o vilão, que tudo é culpa dele, já sei onde vai levar: a defesa da visão socialista e a destruição do modo de produção capitalista. Isso não resolve o problema, uma vez que o homem é antes de tudo, individualista. Ele só se preocupa com o coletivo enquanto esse coletivo afeta seu espaço individual. A partir do momento em que o problema coletivo se resolve, a luta se transfere ao espaço individual. Precisamos de uma solução melhor.

Mal nunca se converterá em Bem, nem Injustiça em Justiça. A minha visão, é a visão que muitos têm. Não sou capitalista, compro o que gosto, não consumo por modas. Sou apologista da protecção da Natureza, não sou extremista. Sabes, compensa mais usar as energias renováveis, monetariamente, por exemplo. Mas, esse monetariamente, não é para os magnatas..È para o povo. Alta dependência do petroleo, é nisto que dá. Ja há maneira de gerar corrente electrica a partir de fotões..È so puxar pela cabecinha e deixar voar a imaginação, assim como, escapar dos travões capitalistas. (:

Carlos Filipe
Participante
Participante

Mensagens : 39
Data de inscrição : 27/06/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas contemporâneos

Mensagem  eroife em Sab Jun 27, 2009 7:43 am

Vamos por partes:
1- Mal nunca se converterá em Bem, nem Injustiça em Justiça.
Isso me soa a maniqueismo religioso. Primeiro precisamos definir uma série de coisas: Mal, Bem, Justiça, Injustiça. A Realidade não é, como querem alguns, "pão, pão, queijo, queijo". Falar em valores absolutos é inquisitorial. Entre o Branco e o Negro existem infinitos tons de cinza. E os problemas começam pela definição de onde termina o Branco e começa o Negro. Depois, Bem para quem, Mal para quem? Se você perguntar a uma criança rebelde, se estudar é um Bem ou um Mal, ela fatalmente responderá que é um Mal. Se após alguns anos, com essa criança adulta e amadurecida voltar a perguntar, com certeza ela terá invertido sua opinião.
2-Minha visão é a que muitos têm:
Maioria não é critério de verdade. Durante milhôes de anos, toda a humanidade acreditou que a Terra fosse plana, imóvel, no centro do Universo e que o Sol girava a nosso redor. Copérnico, Galileu e Colombo derrubaram todas essas teses bobas e infantis.
3- Quanto ao resto do que você diz:
Bem, você viu como, a partir de meia duzia de palavras em sua primeira resposta, deduzi sua ideologia? Você leva a coisa para o lado da exploração capitalista. Você já pensou que as energias alternativas, no momento atual, têm um custo muito maior do que as convencionais, o que restringiria ainda mais seu uso pelos menos favorecidos? Acredito no futuro das energias alternativas, inclusive tenho um chuveiro solar construido com materiais descartáveis apanhados no lixo, mas no momento essas energias são inviaveis economicamente, pelo seu alto custo.
Quem consome moda não é capitalista, é consumista. O problema maior do pobre não é a pobreza financeira, mas a visão limitada das coisas às suas necessidades imediatas. Como o aluno rebelde e inconsciente do iníco, ele não percebe que as coisas não caem do céu e que para produzí-las é preciso investimentos e quem faz invenstimento é capitalista. É claro que o Capitalismo precisa de regulamentação, mas daí a demonizá-lo, vai uma distância tremenda.
Meu amigo, quem exagera ao puxar pela cabecinha e deixa voar a imaginação é intelligente, é esquizofrêenico.

eroife
Participante
Participante

Mensagens : 7
Data de inscrição : 27/06/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas contemporâneos

Mensagem  dire Z'one em Sab Jun 27, 2009 3:42 pm

Olá, pessoal. Desculpem por me intrumeter na festa Very Happy mas também me apetece escrever algo! Deviam de confiar mais no Homem, na minha opinião, e ao mesmo tempo converterem-se em agentes activos da sociedade. Ser cidadão e perceber qual é o "Bem" e o "Mal" também é importante para isso. Lembrem-se de uma coisa muito importante que o meu professor de Português disse: "A liberdade não está garantida. Somos nós que temos de lutar todos os dias por ela!" Outra coisa que me parece bastante importânte é a questão do radicalismo e de fazer generalisações apressadas das coisas. Por exemplo gostava de perguntar ao eroife, supondo que ele é brasileiro, oquê acha dos brasileiros e ao Carlos, supondo que é português, oquê acha dos portugueses. Acho que as pessoas tem tendencia a realmente responder a este tipo de questões esquecendo-se que não podem generalizar as coisas desse modo. Eu posso votar num partido por mil e uma razões diferentes do meu vizinho que vota no mesmo! Não podemos achar que os nossos pares são os melhores nem que são os piores embora seja preciso ter orgulho no país e se, como já disse, tornar um agente activo na sociedade.

Abraços, Dire Idea

dire Z'one
Participante Regular
Participante Regular

Mensagens : 66
Data de inscrição : 26/06/2009
Idade : 26
Localização : Num Universo Relativamente Longe do Teu, Sir!

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas contemporâneos

Mensagem  eroife em Sab Jun 27, 2009 5:07 pm

Bem, afinal de contas, levantei uma questão, baseada em cálculo matemático e estou esperando uma resposta mais objetiva. A primeira resposta e as dela derivadas, infelizmente acabaram levando o assunto para o plano ideológico. Aiás, os ideólogos adoram arrastar tudo para esse lado. Portanto, sugiro que leiam a questão inicial e retornemos ao seu tema, que basicamente é:
A expansão demográfica está sendo acelerada de forma descontrolada, enquanto que a superficie da Terra, bem como seus recursos, são limitados. É obvio que, quanto mais gente, com ideologia ou sem ela, aqueles problemas citados na pergunta inicial vão se agravar. O que fazer?

eroife
Participante
Participante

Mensagens : 7
Data de inscrição : 27/06/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas contemporâneos

Mensagem  dire Z'one em Sab Jun 27, 2009 5:32 pm

Lamento não ter respondido à sua pergunta inícial eroife mas já estavamos algo avançados na matéria. Mas vou ter todo o gosto em falar mais objectivamente do problema demografico. Creio que o problema é o problema de expanção, na medida do aumento do numero de pessoas. A China tem tentado travar o seu próprio crescimento, no entanto, Portugal tem um sistema de segurança social que não permite isso. A solução seria agarrar em políticas Neo-Liberalistas e acabar com a mesma. Enfim já não teriamos tanta segurança para o "povo". Só ai puderemos controlar o crescimento. Também há a questão da imigração e por aí adiante, já sabem o resto da história. Ainda assim de lembrar que a imigração é essencial para os países europeus mais desenvolvidos. Agora temos países emergentes, aqueles países que já são potênsias. Já vão ter carros para toda a gente oquê vai aumentar a sua capacidade para poluir. Também são países que, mesmo com uma grande diferença entre ricos e pobres gigantesca, tem uma alta natalidade, ou talvez por isso. Acho que realmente é preciso "controlar" as pessoas. Para isso pudemos incentivalos à progressão na carreira. Por exemplo, em Singapura a natalidade nos últimos anos tem decrescido enormemente exactamente por isso. Dar um sentido que não o da família. Em países mais desenvolvidos e principalmente com mais instrução as pessoas tem menos tendênsia a ter filhos a torto e a direito. Mas mesmo assim é sempre preciso ver os problemas económicos a que isso puderá levar. Espero que isto seja mais frutifero que o último post! Razz

Abraços, Dire Idea

dire Z'one
Participante Regular
Participante Regular

Mensagens : 66
Data de inscrição : 26/06/2009
Idade : 26
Localização : Num Universo Relativamente Longe do Teu, Sir!

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas contemporâneos

Mensagem  eroife em Sab Jun 27, 2009 6:20 pm

Caro Dire, obrigado por redirecionar a discussão, voltando ao tema inicial: acho que estamos vendo as coisas pelo mesmo ângulo, o crescimento demografico descontrolado em algumas regiões do mundo. No Brasil, temos um país gigantesco, com regiões muito variadas, em termos de cultura, educação, nível econômico, etc. A nossa região critica fica no Norte e, principalmente, Nordeste. Realmente, fazer controle populacional centralizado, em um país de tradição democrática como o nosso, com todas essas variáveis é muito complicado. O ideal seria que a própria população fizesse isso pela através da conscientização. Mas isso implica em um alto nivel educacional, coisa que nem no Sul e Sudeste, as regiões mais desenvolvidas, temos. Já para, pelo menos tentar fazer isso de forma centralizada, precisamos de um governo socialista forte, caso especifico da China, que tem uma tradição democrática fraca ou mesmo ausente. No caso do Brasil, governo centralizado forte, leva fatalmente ao populismo e alta corrupção. Tivemos alguns casos: Vargas, nas décadas de 30 de 40, militares, de 64 a 84 e agora o governo Lula, o mais incompetente e populista de todos. Os outros eram populistas mas pelo menos traziam algum desenvolvimento país. Já o atual, nem isso faz.
Estou falando especificamente do Brasil, mas a coisa se complica porque isso tem que ser feito a nivel mundial, para não estimular a imigração. E, se falando de Brasil, um dos grandes impecilhos é a variedade cultural, educacional, etc., ao falar a nivel mundial, o que dizer da America Central, África e algumas regiões da Ásia? Como podemos ver, o problema é mais complexo e exige muito mais dos "pensadores, ambientalistas, políticos, etc ", do que simplesmente ficar falando sobre desmatamento e poluição, fazendo leis pontuais para resolver problemas pontuais. É preciso ver a coisa em sua perspectiva global.

eroife
Participante
Participante

Mensagens : 7
Data de inscrição : 27/06/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas contemporâneos

Mensagem  dire Z'one em Sab Jun 27, 2009 7:33 pm

Olá. Concordo contigo, eroife, acho que mais doquê um cidadão de um país temos de nos tornar igualmente um cidadão do mundo. Mas isso não é tão fácil quanto deveria porque as pessoas nem tão pouco são cidadão do seu próprio pais, quero dizer que nem tem conciência de cidadania. Uma prova disto é, falar mal das coisas e, não ir votar. Acho que é sempre importante ir votar. Caso estejam informadas quanto à política e mesmo assim não queiram ir votar o melhor a fazer, em protesto, é votar em branco. Infelizmente muitas pessoas não estão informadas quanto à política oquê é uma pena. Na minha opinião o Lula só se mantei no poder apenas e tão só porque já foi do "povo" e tem, supostamente, um carater simples. Mas não te preocupes demasiado nós em Portugal temos um Primeiro-Ministro que fez o exame de inglês técnico ao domingo Razz e mais outras coisas que até metem nojo. Mas com sorte este ano já mudamos de "ditador" e, quase de certeza, vai existir coligações. Provavelmente entre o PSD e o CDS-PP, e assim o PS, do Sócrates, fica nas lonas. Sim o Sócrates é que manda em Portugal com um maioria ABSOLUTA Razz Exclamation

Abraços, Dire Idea

dire Z'one
Participante Regular
Participante Regular

Mensagens : 66
Data de inscrição : 26/06/2009
Idade : 26
Localização : Num Universo Relativamente Longe do Teu, Sir!

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas contemporâneos

Mensagem  Carlos Filipe em Dom Jun 28, 2009 4:40 am

eroife escreveu:Vamos por partes:
1- Mal nunca se converterá em Bem, nem Injustiça em Justiça.
Isso me soa a maniqueismo religioso. Primeiro precisamos definir uma série de coisas: Mal, Bem, Justiça, Injustiça. A Realidade não é, como querem alguns, "pão, pão, queijo, queijo". Falar em valores absolutos é inquisitorial. Entre o Branco e o Negro existem infinitos tons de cinza. E os problemas começam pela definição de onde termina o Branco e começa o Negro. Depois, Bem para quem, Mal para quem? Se você perguntar a uma criança rebelde, se estudar é um Bem ou um Mal, ela fatalmente responderá que é um Mal. Se após alguns anos, com essa criança adulta e amadurecida voltar a perguntar, com certeza ela terá invertido sua opinião.
2-Minha visão é a que muitos têm:
Maioria não é critério de verdade. Durante milhôes de anos, toda a humanidade acreditou que a Terra fosse plana, imóvel, no centro do Universo e que o Sol girava a nosso redor. Copérnico, Galileu e Colombo derrubaram todas essas teses bobas e infantis.
3- Quanto ao resto do que você diz:
Bem, você viu como, a partir de meia duzia de palavras em sua primeira resposta, deduzi sua ideologia? Você leva a coisa para o lado da exploração capitalista. Você já pensou que as energias alternativas, no momento atual, têm um custo muito maior do que as convencionais, o que restringiria ainda mais seu uso pelos menos favorecidos? Acredito no futuro das energias alternativas, inclusive tenho um chuveiro solar construido com materiais descartáveis apanhados no lixo, mas no momento essas energias são inviaveis economicamente, pelo seu alto custo.
Quem consome moda não é capitalista, é consumista. O problema maior do pobre não é a pobreza financeira, mas a visão limitada das coisas às suas necessidades imediatas. Como o aluno rebelde e inconsciente do iníco, ele não percebe que as coisas não caem do céu e que para produzí-las é preciso investimentos e quem faz invenstimento é capitalista. É claro que o Capitalismo precisa de regulamentação, mas daí a demonizá-lo, vai uma distância tremenda.
Meu amigo, quem exagera ao puxar pela cabecinha e deixa voar a imaginação é intelligente, é esquizofrêenico.

Eu não vou comentar o supra citado. Porque o que disses-te não corresponde a verdade, simplesmente.

Re-lê o teu post, e pesquisa, pensa e re-pensa mais uma vez.

PS: Reforma as tuas capacidades de dedução, também. Ter uma boa oratória, não se resume a ter uma grande agressividade de discurso, assim como a crítica pela crítica, no sentido mais cru da palavra.

PS2: Quem falou em religião?! confused

Carlos Filipe
Participante
Participante

Mensagens : 39
Data de inscrição : 27/06/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas contemporâneos

Mensagem  dire Z'one em Dom Jun 28, 2009 5:10 am

Tentem ser mais diplomátas e não se agredirem mutuamente. Estamos aqui para conversar e discutir ASSUNTOS e TEMAS importantes para nós e para humanidade, e não questões de estética do discurso uns dos outros. Tentem não criar mal entendidos e muito menos mau ambiente!

Abraços, Dire Idea

dire Z'one
Participante Regular
Participante Regular

Mensagens : 66
Data de inscrição : 26/06/2009
Idade : 26
Localização : Num Universo Relativamente Longe do Teu, Sir!

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas contemporâneos

Mensagem  Renato em Dom Jun 28, 2009 10:45 pm

Olá caros amigos,
Li todos os posts, e a impressão que eu tive é que há, supostamente, uma tentativa (principalmente nos posts do eroife) de "relançar' o mito da explosão demográfica, que foi exaustivamente cultivado no século XIX, e depois combatido no XX?? Ou estarei a ficar louco?? affraid

Abraços,

Renato

PS: O planeta Terra tem capacidade para abrigar 20 bilhões de habitantes. O problema é que enquanto a cidade de Tóquio tem mais habitantes que Portugal e França juntos, no nordeste brasileiro há políticos que são detentores de fazendas cujo espaço físico corresponderia a um país inteiro, como Espanha ou Inglaterra. eroife, refaça os seus cálculos Twisted Evil

Renato
Participante Dedicado
Participante Dedicado

Mensagens : 175
Data de inscrição : 27/06/2009
Idade : 46
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas contemporâneos

Mensagem  dire Z'one em Dom Jun 28, 2009 10:57 pm

Olá, a todos. Acho que o problema do aumento da demografia é que estamos a utilizar recursos terrestres escassos, bem nem tanto assim. Mas a questão é que é necessário, na minha opinião, controlar a demografia sobre algumas regiões, e não só, para manter a estabilidade do planeta. Se gostarem de económia e demografia podem sempre ler algo sobre o Thomas Malthus! É um bom autor clássico( ou não tão clássico mas bom). Acho que é importante não deixar a económia estar em primeiro lugar ao ambiente. Por exemplo, dava-me um jeito enorme que a Amazonia não fosse destruida, acho que não podemos achar que somos Deuses. Nós não criamos só transformamos!

Abraços, Dire Idea

dire Z'one
Participante Regular
Participante Regular

Mensagens : 66
Data de inscrição : 26/06/2009
Idade : 26
Localização : Num Universo Relativamente Longe do Teu, Sir!

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas contemporâneos

Mensagem  Renato em Dom Jun 28, 2009 11:15 pm

dire Z'one escreveu:Se gostarem de económia e demografia podem sempre ler algo sobre o Thomas Malthus! É um bom autor clássico( ou não tão clássico mas bom).
Abraços, Dire Idea

Dire, o mito da explosão demográfica já foi combatido de há muito. Nâo entendo como vocês estão ressuscitando um debate que foi sepultado no começo do século XX!!!!
A não ser que o problema da questão demográfica tenha ressurgido e eu não estou sabendo. E mais uma vez, será que estou a ficar louco?? affraid

Abraços,

Renato

Renato
Participante Dedicado
Participante Dedicado

Mensagens : 175
Data de inscrição : 27/06/2009
Idade : 46
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas contemporâneos

Mensagem  dire Z'one em Dom Jun 28, 2009 11:23 pm

Boas, a todos. Há, realmente, um crescimento demografico. Não estou a dizer que é o fim do mundo porque não é! Mas quem já estudou modelos logísticos( LOL) sabe que as coisas acabam em saturação. O problema é cada vez mais nos tornamos insdustrializados e, sendo muitos, isso é um problema! Como aquele novo carro feito por índianos para eles mesmo que só ia custar 1500euros na Europa. Se toda a gente consumir dessa forma é um pouco mau! Mas lê um pouco de Thomas Malthus que é muito interessante e esclarecedor embora já seja antigo e algumas coisas não sejam tão lineares quanto isso pois temos maior margem de manobra. Acho que não estás louco, apenas queres quê nós pensemos que estamos! Razz

Abraços, Dire Idea

dire Z'one
Participante Regular
Participante Regular

Mensagens : 66
Data de inscrição : 26/06/2009
Idade : 26
Localização : Num Universo Relativamente Longe do Teu, Sir!

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas contemporâneos

Mensagem  Renato em Dom Jun 28, 2009 11:45 pm

dire Z'one escreveu: Acho que não estás louco, apenas queres quê nós pensemos que estamos! Razz

Abraços, Dire Idea

kkkkkkkk Very Happy
Realmente se tornar a ler Malthus, aí sim, acho que virei a ficar louco.
Bom, vamos esperar o eroife refazer todos aqueles cálculos, porque na minha opinião, a questão da explosão demográfica está mesmo fora de questão.

abraços,

Renato

Renato
Participante Dedicado
Participante Dedicado

Mensagens : 175
Data de inscrição : 27/06/2009
Idade : 46
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas contemporâneos

Mensagem  Carlos Filipe em Seg Jun 29, 2009 2:01 am

"Nada se cria, nada se perde, tudo se transforma".

PS: Tóquio não tem tantos habitantes como Portugal e França juntos.

Carlos Filipe
Participante
Participante

Mensagens : 39
Data de inscrição : 27/06/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas contemporâneos

Mensagem  Lucas Benetti em Seg Jun 29, 2009 8:33 am

Dê-me poder, exércitos e fieis que prometo mudar tudo! lol!
L.

Lucas Benetti
Participante
Participante

Mensagens : 41
Data de inscrição : 28/06/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas contemporâneos

Mensagem  Renato em Seg Jun 29, 2009 11:57 pm

Carlos Filipe escreveu:"Nada se cria, nada se perde, tudo se transforma".

PS: Tóquio não tem tantos habitantes como Portugal e França juntos.

Que tal Tóquio e São Paulo juntos? Wink

Question Somente São Paulo tem cerca de 14 milhões de habitantes !

Abraços,

Renato

Renato
Participante Dedicado
Participante Dedicado

Mensagens : 175
Data de inscrição : 27/06/2009
Idade : 46
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas contemporâneos

Mensagem  Carlos Filipe em Ter Jun 30, 2009 12:22 am

Renato escreveu:
Carlos Filipe escreveu:"Nada se cria, nada se perde, tudo se transforma".

PS: Tóquio não tem tantos habitantes como Portugal e França juntos.

Que tal Tóquio e São Paulo juntos? Wink

Question Somente São Paulo tem cerca de 14 milhões de habitantes !

Abraços,

Renato

E depois?? Tokyo tem 12 milhões de habitantes na sua área urbana e 8 milhões na freguesia, logo 20 milhões.

Portugal tem 11 milhões de habitantes e a França tem 65 milhões (fora ilegais, Paris é um antro mesmo ) logo, 76 milhões.

São Paulo 14, Tokyo 20 = 34.

Não chega filho, mais uma vez, digo-te RE-PENSA o post e aquilo que escreves.

PS: Mais uma vez, não correspondeu a verdade.

Carlos Filipe
Participante
Participante

Mensagens : 39
Data de inscrição : 27/06/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas contemporâneos

Mensagem  Renato em Ter Jun 30, 2009 1:54 am

Olá Carlos Filipe,
Me perdoe pelas estatísticas equivocadas. Reconheço que fui um aluno relapso nas aulas de Estatística quando fazia faculadade, e isso me custou caro, como vês Very Happy

Abraços,

Renato Wink

Renato
Participante Dedicado
Participante Dedicado

Mensagens : 175
Data de inscrição : 27/06/2009
Idade : 46
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas contemporâneos

Mensagem  Carlos Filipe em Ter Jun 30, 2009 2:13 am

Renato escreveu:Olá Carlos Filipe,
Me perdoe pelas estatísticas equivocadas. Reconheço que fui um aluno relapso nas aulas de Estatística quando fazia faculadade, e isso me custou caro, como vês Very Happy

Abraços,

Renato Wink

Na...para fazer este raciocínio não é preciso faculdade..


Outro problema que afecta nossos dias, fundamentalismo.

Carlos Filipe
Participante
Participante

Mensagens : 39
Data de inscrição : 27/06/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas contemporâneos

Mensagem  Renato em Ter Jun 30, 2009 2:26 am

Lucas Benetti escreveu:Dê-me poder, exércitos e fieis que prometo mudar tudo! lol!
L.

Ui, aí não!! Very Happy deixa como está!! vivendo na democrática e liberal social-democracia hehehee, pois afinal, "em time que está ganhando não se mexe" - dizem eles... Basketball

Abraços,

Renato

Renato
Participante Dedicado
Participante Dedicado

Mensagens : 175
Data de inscrição : 27/06/2009
Idade : 46
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas contemporâneos

Mensagem  Lucas Benetti em Ter Jun 30, 2009 6:59 am

Acho que já foram encontrados soluções para os problemas, mas elas apenas são "caras".
L.

Lucas Benetti
Participante
Participante

Mensagens : 41
Data de inscrição : 28/06/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas contemporâneos

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum